Cinco vantagens de realizar análise de mel

O mel natural é um produto alimentício produzido por abelhas melíferas, a partir do néctar de flores, o qual é recolhido e deixado maturar nos favos de colmeia, tornando-se uma solução concentrada de açúcares, como a glicose e a frutose. Em vista disso, uma das principais maneiras de adulteração do mel é pela adição de açúcar comercial e de glucose, fazendo com que a solução renda mais. Dessa forma, para controle de qualidade do mel comercializado, o Ministério da Agricultura junto com o Serviço de Inspeção Federal tornam obrigatória a análise de mel para comercialização, através da Instrução Normativa Nº 11, de 20 de outubro de 2000. Além disso, ao realizar a análise de mel, o produtor pode se informar sobre as características de seu produto, gerando um maior valor agregado a esse, tais como: pureza; porcentagem de água presente, a qual, se estiver em excesso, é a responsável pela fermentação do mel, diminuindo sua validade; presença de microrganismos danosos à saúde humana; o nível de sacarose aparente, que quando elevado, representa uma colheita prematura do mel, pois a sacarose ainda não foi totalmente transformada em glicose e frutose, podendo gerar coloração e sabores distintos do ideal; entre outras.

 Descubra mais benefícios que a análise de mel traz a você e seu produto. Entre em contato com a nossa empresa!

Fonte: Comissão do Codex Alimentarius, FAO/OMS e Cooperativa Nacional de Apicultura, CONAP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.