Como aumentar a validade do seu produto

Os consumidores, quando adquirem produtos alimentícios buscam qualidade e o melhor estado de conservação desses, também avaliando o prazo de validade impresso em sua embalagem, requisito declarado obrigatório pela ANVISA e PROCON às indústrias e produtores de alimentos.

Mas o que é prazo de validade? Como podemos defini-lo?
O prazo de validade é o período em que o alimento está seguro e próprio para o consumo. Ele se inicia na data de fabricação até o período estabelecido como adequado para consumir o produto. É através de testes laboratoriais que podemos definir com maior propriedade o prazo de validade de um produto, examinando as características microbiológicas, físicas e sensoriais.
Nos testes microbiológicos verifica-se se a quantidade de microrganismos presentes ao longo do tempo está de acordo com o limite estabelecido pela ANVISA. Já os testes sensoriais analisam aparência, aroma, textura, cor e sabor.
E para garantir a qualidade do seu produto a Bioprox Jr. disponibiliza o serviço de shelf-life, o que inclui as análises microbiológicas e/ou sensoriais.

Como posso aumentá-la?
A conservação dos alimentos está relacionada a capacidade de sobrevivência ou de multiplicação das bactérias e fungos, que por sua vez dependem de alguns fatores. É entendendo como esses fatores os influenciam que podemos traçar métodos/soluções para coibir seu crescimento e aumentar o tempo de prateleira. Tais fatores são:


1) Atividade da água nos alimentos
A conservação depende da quantidade de água presente no alimento, ou seja, se ele apresenta uma alta taxa de água em sua composição as chances de se deteriorar rapidamente são mais altas do que em alimentos com uma taxa baixa de água, que conseguem ser conservados por mais tempo. Para reduzir a velocidade da deterioração o alimento pode ser desidratado (com adição de sal ou açúcar) ou congelado.


2) Nutrientes
Para sobreviverem e multiplicarem-se os microrganismos necessitam de nutrientes, dessa forma, alimentos com baixa taxa de nutrientes maior será a sua conservação.


3) pH
Alimentos com baixa acidez estão mais sujeitos a atividade de microrganismos, já nos que possuem alta acidez haverá predominância do crescimento de bolores e leveduras.


4) Temperatura
Temperaturas entre 5 e 65°C favorecem o crescimento de microrganismos, porém em temperaturas abaixo de 5°C ou acima de 65°C contribuem para a conservação dos alimentos.


5) Umidade relativa
A contaminação e deterioração por microrganismos é favorecida pela alta umidade do meio, enquanto a baixa umidade relativa favorece a conservação. A temperatura e a umidade possuem relação direta, ou seja, quanto menor a temperatura menor será a umidade relativa.

Gostou do conteúdo e quer saber mais? Adquira nosso e-book gratuitamente
Surgiu alguma dúvida ou quer contratar nosso serviço de shelf-life (tempo de prateleira)? Entre em contato conosco (número de telefone)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.